ÓLEO DE LIMÃO SICILIANO VERDE E MADURO, QUAL A DIFERENÇA?

Quando o limão vai ser colhido no campo para a produção de suco, é frequente termos frutos semi-maduros (verdes) misturados com frutos maduros (amarelos). Este estágio dos frutos interfere na qualidade do suco e concentração de ácido cítrico.

Sendo assim, os frutos são separados antes da prensagem. Após a prensagem, o óleo essencial que verteu das cascas é obtido através de centrifugação do suco com posterior separação. Como temos sucos diferentes das frutas semi-maduras e das maduras, igualmente veremos óleos aromaticamente também diferentes.

Os princípios ativos “carro chefe” do óleo de limão siciliano maduro ou verde não mudam muito, estando em porcentagens bem parecidas (limoneno, pineno e terpineno). Isso permite que utilizemos ambos os óleos com as mesmas finalidades. Os dois terão potencial para uso em: drenagem linfática, processos de detox, problemas hepáticos, ateroesclerose, colesterol LDL alto, distúrbios digestivos, acne, varizes e problemas circulatórios, sonolência, etc.

Contudo, no âmbito aromático, percebemos uma diferença considerável entre os dois óleos. As moléculas presentes em quantidades inferiores a 1% no óleo de limão, são as que mais caracterizam seu aroma. Aquelas que dão um aroma mais ácido, cítrico e tipico da fruta, estarão em quantidades superiores no limão verde, tornando-o mais apto à pefumaria e psicoaromaterapia. Não que o limão maduro não tenha tais aplicações, mas ele possui um aroma mais suave, principalmente interessante para aqueles que não gostam do aroma do limão quando muito intenso, ou buscam um perfume com aroma cítrico menos intenso e delicado.

O limão verde também possui mais clorofila, tendo um tom bem verdinho o óleo, enquanto o maduro possui uma coloração amarela.

A Laszlo possui ambos os limões siciliano, o amarelo (maduro) e o verde (semi-maduro) à venda. Abaixo segue as cromatografias comparativas do óleo que vendemos:

LIMÃO SICILIANO AMARELO (MADURO)

Constituintes %
1 α-thujeno 0.4
2 α-pineno 1.9
3 sabineno 1.8
4 β-pineno 11.6
5 mirceno 1.4
6 α-terpineno 0.2
7 p-cimeno 0.8
8 limoneno 69.7
9 γ-terpineno 8.2
10 linalool 0.4
11 neral 0.4
12 geranial 0.7
13 β-cariofileno 0.3
14 β-bisaboleno 0.6
15 espatulenol 0.9

LIMÃO SICILIANO VERDE (SEMI-MADURO)

Constituintes %
1 α-thujeno 0.4
2 α-pineno 1.8
3 sabineno 1.7
4 β-pineno 11.0
5 mirceno 1.6
6 p-cimeno 0.4
7 limoneno 70.4
8 γ-terpineno 8.1
9 linalool 0.3
10 neral 0.7
11 geranial 1.2
12 acetato geranila 0.4
13 β-elemeno 0.2
14 β-cariofileno 0.3
15 α-bergamoteno 0.4

A média das Furanocumarinas é de 0.02% em ambos os óleos. Apesar de pouco, deve-se ter cautela no seu uso no sol, pois estes componentes podem fazer o óleo manchar a pele. Se você busca um óleo de limão que possa usar na pele sem risco de manchar ao tomar sol, use o limão LFC (livre de furanocumarina), vendido também pela Laszlo.

Autor:
Fábián László
Cientista aromatólogo

 

Óleo essencial de LIMÃO você encontra na

pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *