AROMATERAPIA: TRATAR A ANSIEDADE NATURALMENTE COM ÓLEOS ESSENCIAIS

13615392_1080783405325937_3912984016931702935_n

Pesquisas embasam tratamento natural da ansiedade.
A Aromaterapia corresponde ao uso de óleos essenciais para manter a saúde física e o bem-estar. Óleos essenciais transportam compostos voláteis biologicamente ativos de flores e plantas numa forma altamente concentrada. Eles são, em muitos aspectos, a essência da planta e podem proporcionar benefícios terapêuticos em quantidades muito pequenas.

As partículas em óleos essenciais, que vêm de flores, galhos, folhas ou casca, podem ser inaladas, gerando vários efeitos benéficos. Como observado pela Associação Nacional de Aromaterapia Holística (NAHA):1

“Ela [Aromaterapia] visa unificar processos fisiológicos, psicológicos e espirituais para aprimorar o processo de cura inata do indivíduo.”

Existem muitos usos para aromaterapia assim como existem óleos essenciais, mas uma das áreas mais excitantes de pesquisa é sobre a ansiedade, com uma pesquisa demostrando que os óleos essenciais podem ajudar a aliviar os sintomas sem os efeitos colaterais dos medicamentos de ansiedade.

**** Aromaterapia pode ajudar a diminuir a ansiedade de forma natural

Para uma estimativa de 40 milhões de adultos norte-americanos, sentimentos de ansiedade podem ocorrer mesmo quando não há nenhuma ameaça real, causando um estresse desnecessário e dor emocional.

Infelizmente, a maioria das pessoas que sofrem com a ansiedade não fazem nada ou recorrem a medicamentos – muitos dos quais são ineficazes e capazes de destruir sua saúde e sanidade ainda mais.

Medicamentos comumente prescritos incluem benzodiazepínicos, como Ativan, Xanax, Valium etc.

Muitos destes fármacos ansiolíticos exercem um efeito calmante, aumentando a ação de um neurotransmissor, o ácido gama-aminobutírico (GABA), do mesmo modo como opióides (heroína) e canabinóides (Cannabis) fazem.

Este, por sua vez, ativa o hormônio da gratificação, dopamina, no seu cérebro. Uma vez que as “idênticas vias cerebrais de recompensa” são utilizados por ambos os tipos de drogas, eles podem igualmente ser viciantes e podem também causar efeitos colaterais como perda de memória, fraturas da bacia, prejuízo no raciocínio e tonturas.

Ironicamente, os sintomas de retirada de muitos desses medicamentos ansiolíticos incluem estados extremos de ansiedade – alguns dos quais são muito piores do que os sintomas originais que justificaram o tratamento em primeiro lugar. Claramente uma alternativa segura, natural para tratar a ansiedade é necessária, e aromaterapia pode ser uma opção que vale a pena tentar.

A pesquisa mostra:

Uma revisão sistemática de 16 estudos randomizados controlados – examinando o efeito ansiolítico (inibidor da ansiedade) da aromaterapia entre as pessoas com sintomas de ansiedade – mostrou que a maioria dos estudos apontaram efeitos positivos para acabar com a ansiedade (e não foram relatados eventos adversos).2

Pessoas expostas a aromaterapia com óleo essencial de bergamota antes de cirurgia tiveram uma maior redução da ansiedade pré-operatória do que aqueles no grupo controle.3

Foi demonstrado que o óleo de laranja doce teve efeitos de inibição da ansiedade em seres humanos, apoiando o seu uso comum como um calmante por aromaterapeutas.4

Odores ambientais de laranja e lavanda reduziu a ansiedade e melhorou o humor em pacientes à espera de tratamento dental.5

Em comparação com os indivíduos do grupo controle, as mulheres que foram expostas ao odor de laranja em um consultório odontológico tiveram um menor nível de ansiedade, um estado de espírito mais positivo, e um maior nível de calma. Os pesquisadores concluíram que “a exposição ao odor ambiente de laranja tem um efeito relaxante.” 6

Então… Quais óleos essenciais funcionam melhor para a ansiedade? (E como usá-los)

Se você estiver interessado em experimentar esta forma natural de alívio da ansiedade, qualquer um dos seguintes óleos essenciais seria um bom ponto de partida.

Estes são todos óleos essenciais comuns para redução da ansiedade:

Óleo de Lavanda (Lavandula angustifolia)
Bergamota (Citrus aurantium)
Rosa (Rosa damascena)
Óleo de Limão (Citrus limon) e Laranja (Citrus sinensis)
Sândalo (Santalum álbum)
Gerânio (Pelargonium spp.)
Sálvia esclaréia (Salvia sclarea)
Camomila romana (Anthemis nobillis).7
Há várias maneiras de usar aromaterapia. Se você tem uma condição séria, você pode querer contatar um aromaterapeuta experiente que pode ajudar a guiá-lo.

Alguns óleos essenciais podem causar fotossensibilidade (tornando a sua pele mais sensível ao sol) ou reação alérgica e outros não devem ser usados em mulheres grávidas, por isso é importante estar familiarizado com um óleo essencial antes de utilizá-lo.

Dito isso, você pode tentar usar óleos essenciais em casa através dos seguintes métodos:

Inalação indireta de óleos essenciais usando um difusor na sala ou colocando gotas nas proximidades.
Inalação direta de óleos essenciais usando um inalador indivídual com gotas flutuando sobre a água quente (este é popular para o tratamento de sinusite).
Aromaterapia em massagem, em que os óleos essenciais são diluídos em um óleo condutor e massageada a pele.
Aplicação de óleos essenciais para a sua pele, combinando-os com loção, sais de banho, ou curativos.10
Ansiedade, é claro, é apenas um uso para a aromaterapia. Outros usos potenciais incluem:

Aroma de maçã verde para enxaquecas: Um estudo descobriu que o cheiro aliviou significativamente a dor da enxaqueca. Isso também pode ser feito com outros aromas que você gosta então, a consulta com um aromaterapeuta pode ser benéfica.

Hortelã-pimenta para a memória: O aroma de hortelã-pimenta demonstrou melhorar a memória e aumentar o estado de alerta.

Náuseas e vômitos: Uma mistura de óleo de hortelã-pimenta, óleo de gengibre, óleo de hortelã e óleo de lavanda.11

Lavanda para alívio da dor: Aromaterapia com lavanda tem sido demonstrada para reduzir a dor seguinte à inserção de agulhas (injeções).12

*** Tratamentos naturais adicionais para a ansiedade

Sua dieta

Vegetais

Se você sofre de ansiedade, seria sensato olhar para a nutrição da sua flora intestinal, e a melhor maneira de fazer isso é regularmente consumir alimentos, que são naturalmente fermentados, tradicionalmente ricos em bactérias benéficas. Versões pasteurizadas não têm os mesmos benefícios, visto que o processo de pasteurização destrói muitos, se não todos, os probióticos que ocorrem naturalmente. Então você vai precisar procurar os tradicionais fermentados, alimentos não pasteurizados como vegetais fermentados, ou fazê-los sozinho. Além disso, sua dieta deve incluir uma fonte de alta qualidade de gorduras omega-3 à base de animais, como o óleo de krill. As gorduras omega-3 EPA e DHA desempenham um papel importante no seu bem-estar emocional, e a pesquisa mostrou uma dramática redução de 20 por cento na ansiedade entre os estudantes de medicina que consomen omega-3s.13

Exercício

Para além da criação de novos neurónios, incluindo aqueles que liberam o neurotransmissor calmante GABA, o exercício aumenta os níveis cerebrais de produtos químicos potentes como a serotonina, dopamina e norepinefrina, os quais podem ajudar a reduzir alguns efeitos do stress. Muitos praticantes ávidos também sentem uma sensação de euforia depois de um treino, às vezes conhecido como o “corredor da alta”. Ela pode ser muito viciante, num bom sentido, uma vez que você experimenta o quão bem ele se sente para manter sua frequência cardíaca e seu corpo em movimento.

Se você luta contra a ansiedade, você realmente não tem como se arrepender de começar um programa de exercícios abrangente – praticamente qualquer atividade física é capaz de surtir efeitos positivos, especialmente se ele é bastante difícil.

Dito isto, os pesquisadores da Duke University publicaram recentemente uma revisão de mais de 100 estudos nos quais verificou-se que o yoga parece ser particularmente benéfico para a saúde mental (¹ embora eu recomende também de alta intensidade intervalo de formação como Peak Fitness e treinamento de resistência, além de flexibilidade e construção interior com exercícios como yoga ou Foundation Training.

Tradução: Tais Queiroz
Do site: http://brotandoconsciencia.com.br/?p=1163e
http://www.mercola.com/

Referências:

· 1 National Association for Holistic Aromatherapy, Exploring Aromatherapy
· 2 J Altern Complement Med. 2011 Feb;17(2):101-8.
· 3 Evid Based Complement Alternat Med. 2013;2013:927419.
· 4 J Altern Complement Med. 2012 Aug;18(8):798-804.
· 5 Physiol Behav. 2005 Sep 15;86(1-2):92-5.
· 6 Physiol Behav. 2000 Oct 1-15;71(1-2):83-6.
· 7 Nat Prod Commun. 2009 Sep;4(9):1305-16.
· 8 J Ethnopharmacol. 2013 May 20;147(2):412-8.
· 9 Behav Brain Res. 2006 Sep 25;172(2):240-9
· 10 National Cancer Institute, Aromatherapy and Essential Oils
· 11 J Perianesth Nurs. 2014 Feb;29(1):5-11.
· 12 Complement Ther Clin Pract. 2014 Feb;20(1):1-4.
· 13 Brain Behav Immun. 2011 Nov;25(8):1725-34.
· 14 Frontiers in Psychiatry January 25, 2013 [Epub ahead of print]

Estes óleos essenciais você encontra na

pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *