O PODER ADAPTATIVO DO TOMILHO

 

Por Vera Guedes

“O tomilho é uma planta polimórfica, isto significa que ocorre mudanças químicas no seu interior muitas vezes, dependendo do ambiente onde ela cresce. Por exemplo, se muitos Tomilhos da mesma espécie forem plantados em diferentes locais e altitudes, e, além disso, cada um deles for submetido a diferentes tipos de solo, calor solar diferenciado, exposição ao vento ou protegido dele e ou ainda geada pela manhã, então, cada um destes tomilhos irão variar na sua mistura química e consequentemente no seu aroma, isto sinaliza que ele tem recursos internos, a sua química, para lhe proporcionar a adaptabilidade ao ambiente externo.
Pesquisadores na França realizaram esta experiência, e o resultado demonstrou a habilidade adaptativa desta planta fenomenal em variados tipos diferentes de ambiente. Charles Darwin foi o primeiro a notar este processo de natural adaptabilidade ao ambiente desta planta. Tomilho é reconhecido mundialmente como sendo uma das mais poderosas plantas aromáticas existente.” Maggie Tisserand.

Este fantástico fenômeno que ocorre nesta pequena, mas poderosa erva aromática faz dela uma escolha assertiva para ajudar a tratar aqueles que são extremamente temerosos em promover mudanças nas suas vidas. Essencial para ser usado por pessoas que não ousam ultrapassar as barreiras da zona da confiança, crucial para aqueles que resistem às mudanças e adoecem o corpo e a mente com o seu comportamento negativo frente a essas mudanças.

Existem duas condições a serem consideradas com seriedade e que podem também ser as condições que mais causam transtornos para a vida das pessoas em face de mudanças, sejam elas por vontade própria ou as impostas pela vida.

Primeira condição – o medo, especialmente quando não é reconhecido, pode tornar-se um perigoso algoz, ao qual aprisiona a capacidade da pessoa em aceitar e entender sobre a impermanência da vida, aceitar que tudo na vida é perecível, enfim aceitar que a vida é cíclica. Eurípedes dizia: ‘ Tudo é mudança; tudo cede o seu lugar e desaparece.”

Segunda condição – o apego, especialmente no que se refere às questões materiais ou aquilo que ela considera conquistado, pessoas que apresentam apego excessivo à matéria, podem ser altamente resistentes às mudanças, o corpo também vai pagar um preço elevado pois não há fluência mas sim retenção de energia o que é também manifestado nas funções físicas especialmente nos sistemas digestivo e circulatório.

“Resistência à mudanças em algumas pessoas é gerada pela angústia que ela sofre frente ao desconhecido e, esta sensação de aperto ou sufocamento pode ser tão intensa que inibi a atração natural pelo novo.”

Angustia é uma condição comum nas pessoas mais propensas ao medo as mudanças, e também o apego, em ambos os casos a questão principal está ancorada na famosa ‘zona de conforto’ muitos desenvolveram um laço muito estreito de conforto com aquilo que lhe é conhecido, aquilo que ela considera conquistado, e, portanto, não pensa em deixar este porto seguro por nada neste mundo. Esta condição de medo e apego é comum em pessoas que já passaram por situações desconfortáveis na vida, que sofreram muitas provações, ou que a luta pela sobrevivência foi muito sofrida, é justamente aqui que entra o tomilho a erva da bravura, ele é essencial para tratar a angustia que aperta o peito diante das fases de mudanças, por suas propriedades terapêuticas desintoxicante, elevante, imunoestimulante e tônico para a mente e o coração ele ajuda a liberar energia represada nos pulmões, rins e intestino promovendo a alforria dos medos e apegos.

O uso do Tomilho traz tranquilidade para a mente, toda pessoa que desenvolve tranquilidade interna vivencia qualquer tipo de mudança com desembaraço, franqueza, satisfação, bom humor, entusiasmo e prazer.

Vera Lucia Guedes – IFPA
Tutora Penny Price Academy – Brasil

Do site: http://www.veraguedesaroma.com/blog/a-beleza-interior-da-erva-da-bravura-o-tomilho-thymus-vulgaris

O óleo essencial de tomilho você encontra na

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *