ÓLEOS ESSENCIAIS PODEM AUMENTAR HORMÔNIO DE CRESCIMENTO INSULÍNICO (IGF-1)

10922345_766420833428864_3352688299968863858_o

Interessantíssimo estudo que demonstrou que a suplementação com timol do óleo essencial de de tomilho e cinamaldeído do óleo essencial da canela em porcos aumentou os níveis do hormônio IGF-1 (insulin Growth factor 1)

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25049525

Para entender a importância que este estudo possui, uma vez que existe a possibilidade de tais componentes de óleos essenciais terem o mesmo efeito em seres humanos (carece de estudos clínicos ainda) via inalação, ingestão ou massagem, leia a seguir:

IgF 1 (SOMATOMEDINA C)

O hormônio do crescimento ou GH ou somatotropina é um hormônio que desempenha importantes funções no organismo. São usados suplementos para estimular a produção desse hormônio, que podem ter como base alguns aminoácidos, como arginina ou fatores de crescimento (IGF-1).
Alguns aminoácidos, principalmente a L-arginina, induzem a uma maior liberação de GH através da inibição da somatostatina – hormônio que diminui a liberação do GH. Acredita-se que os aminoácidos também podem aumentar a sensibilidade das células liberadoras de hormônios, resultando numa maior liberação de GH. O IGF-1 sublingual aumenta a concentração de fatores do crescimento semelhante à insulina do tipo 1, que são as moléculas diretamente envolvidas com a ação do GH nas células.
O hormônio do crescimento é responsável pelo aumento na síntese protéica, aumento da entrada de aminoácidos nas células, diminuição do uso da glicose e aumento do uso da gordura como energia. Assim, o GH pode auxiliar na melhora da composição corporal, pelo aumento da massa magra e diminuição do tecido adiposo.
O GH é produzido pela hipófise. Ao contrário de outros hormônios produzidos pela hipófise que costumam regular o funcionamento de glândulas, como as suprarrenais, os testículos e os ovários, o hormônio do crescimento age no organismo como um todo, promovendo não só o crescimento longitudinal, mas o das células em geral. Faz isso valendo-se de um intermediário, chamado somatomedina C ou IGF-1, produzido principalmente no fígado, mas também pelas células ósseas e musculares, por exemplo. Essa dupla GH e IGF –1 promove grande parte do anabolismo do corpo, ou seja, é fundamental para o crescimento e desenvolvimento de todos os tecidos.

Finalidade
Aumento da liberação natural de GH;
Ganho de massa magra;
Ganhos de força;
Formulação com argina e ornitina;
Promove maior definição muscular;
IGF-1 é 10x mais potente que o HCG;
IGF-1 aumenta o crescimento capilar;
Interfere positivamente no controle do diabetes.

Indicações:
De acordo com pesquisadores, IgF-1 aumenta a massa corporal magra, reduz a gordura, forma ossos, desenvolve músculos e nervos. A ingestão diária de igF-1 não depende da glândula pituitária que pode ficar desgastada pelo processo de envelhecimento. Alguns pesquisadores demonstram, em termos de efeitos imediatos, o IGF-1 é ainda mais potente que o hormônio de crescimento.

Artigos científicos:
Estudo: fator de crescimento pode influenciar Alzheimer em homens Um novo estudo indica que baixos níveis do fator de crescimento IGF-1 e da proteína IGFBP-3 estão associados ao mal de Alzheimer em homens – mas não em mulheres. A pesquisa foi divulgada no Journal of Clinical.
Um novo estudo indica que baixos níveis do fator de crescimento IGF-1 e da proteína IGFBP-3 estão associados ao mal de Alzheimer em homens – mas não em mulheres. A pesquisa foi divulgada no Journal of Clinical.
Endocrinology & Metabolism (JCEM).
As duas substâncias estão envolvidas na longevidade e podem ser benéficas para a cognição. Atualmente, não existe tratamento curativo para a doença de Alzheimer, então focar em fatores modificáveis associados é algo importante. A pesquisa indica uma possível utilidade do IGF-1 no tratamento da doença, especialmente em estágios iniciais.
Os pesquisadores estudaram os níveis das duas substâncias em 694 idosos de etnias diversas (sendo 218 homens e 476 mulheres). Desses, 481 foram diagnosticados com Alzheimer ou comprometimento cognitivo leve. Eles chegaram à conclusão que os níveis de IGF-1 e IGFBP-3 estão relacionados à doença apenas em homens.

Este artigo a seguir é bem complementar e muito válido para ser lido também: http://hghigf1.blogspot.com.br/

Óleos essenciais de qualidade você encontra na

so_pria
Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *